10 Ideias para Apoiar Pequenos Negócios

Coworking | por Canva - 13 de 08 de 2020
10 Ideias para Apoiar Pequenos Negócios

Às vezes, pode até parecer que só existem grandes marcas, já que elas estão por toda a parte — em outdoors, na internet, nas prateleiras, em nossos pés e até dentro dos nossos bolsos. Mas são os pequenos negócios que têm o maior impacto em nossas comunidades.

As microempresas e os profissionais autônomos dão vida aos bairros, fornecendo produtos e serviços exclusivos e de qualidade. Além disso, são esses negócios — essenciais para a economia — que empregam as pessoas que conhecemos: vizinhos, amigos e familiares.

É verdade, não é fácil ser um pequeno empreendedor. Quase 60% das empresas fecham as portas antes de completarem cinco anos no mercado brasileiro.

Durante a pandemia do COVID-19, nós queremos compartilhar com você maneiras fáceis de apoiar esses negócios em qualquer lugar — seja a vendinha da vizinhança ou um e-commerce de artesanatos do outro lado do país.

Se você puder contribuir ou depende desses serviços (ou as duas coisas), incentivamos seu apoio aos microempreendedores. Caso você precise de dicas, preparamos uma lista com 10 coisas que você pode fazer para apoiar pequenos negócios.

1. Compre em estabelecimentos locais

Pode soar muito simples, mas priorizar as lojinhas que existem em sua área é uma excelente maneira de apoiar o ecossistema de microempresas. Se todos nós fizéssemos isso, a situação seria diferente. Portanto, se você não quer morar em um bairro em que todos os prédios têm uma placa de “Aluga-se”, este é o primeiro passo para fazer a sua parte em prol da comunidade.

2. Adquira vales-compras

Alguns micronegócios podem ter épocas fracas, mas todos eles serão afetados em qualquer crise econômica. Por isso, vale-compras ajudam a manter o fluxo de caixa em momentos de instabilidade.

3. Faça pedidos de delivery ou para retirar

Nem sempre é possível ir até uma loja ou restaurante, mas talvez eles possam ir até você. O delivery também é a fonte de renda do transportador. Com esse método, você pode ajudar dois componentes fundamentais para nossa economia ao mesmo tempo.

4. Recomende pequenos negócios nas redes sociais

Seus amigos e seguidores confiam em suas recomendações, então você pode ajudar os microempreendedores que você conhece com menções em seus perfis nas redes sociais. Se você ainda convencer outras pessoas a fazerem a mesma coisa, todos passam a conhecer produtos e serviços incríveis e os negócios terão muito mais chances de sobreviver a qualquer crise.

5. Escreva uma avaliação positiva online

Avaliações em canais digitais e serviços de reputação podem levar um negócio às nuvens ou à falência em tempos de tanta interatividade. Sendo assim, deixe uma mensagem positiva sobre suas lojas e prestadores de serviços favoritos e fale sobre todas as boas experiências que você já teve com essas empresas.

6. Não cancele, remarque

A pandemia do coronavírus interrompeu a agenda de eventos que são a fonte de renda de uma variedade de empreendedores: salões de beleza, buffets, fotógrafos, músicos, entre tantos outros. Se você tiver condições, remarque suas comemorações e reuniões assim que essa situação passar.

7. Pague adiantado ou faça transferência bancária

Fluxo de caixa é a base de qualquer negócio, mas microempresas não têm as mesmas reservas que grandes corporações. Isso significa que as condições de honrar compromissos com funcionários e fornecedores são muito limitadas em casos de crises econômicas. Você pode ajudar com pequenos gestos, como pagar adiantado ou fazer transferências bancárias, o que acelera o recebimento dos recursos e diminui os custos com taxas para esses empreendedores.

8. Ofereça seus conhecimentos de graça ou com desconto

Se você tem habilidades ou presta serviços que podem ajudar a manter abertos pequenos negócios de portas aberta, considere oferecer uma ajuda voluntária ou por um precinho camarada.

9. Seja paciente

A capacidade de produção de microempresas e profissionais autônomos é limitada, mas eles têm atenção redobra na qualidade. Seja compreensivo e dê seu feedback sobre pontos de melhoria no atendimento.

10. Continue comprando

Um micronegócio sobrevive do seu consumo, não importa se você é um cliente assíduo ou esporádico. Se você puder incluir essa despesa em seu orçamento, não deixe de comprar os produtos e serviços de pequenos empreendedores mesmo durante a quarentena do novo coronavírus.

Você é essencial para sua comunidade

Quando você compra um café na padaria, você contribui com o sustento de todas as famílias que trabalham ali; por sua vez, essas pessoas matriculam os filhos no berçário do bairro, que é cliente de um eletricista que faz as fotos do casamento com a fotógrafa do seu prédio… percebe como essas redes de conexões são enormes?

Quando você age em favor do bem comum, você faz a diferença na vida de muitas pessoas — incluindo a sua própria. Apoie sua comunidade, você é essencial!

Fonte: https://www.canva.com/pt_br/aprenda/apoiar-pequenos-negocios/